Top 5

agosto 28, 2009 at 4:26 am (Uncategorized)

Estamos acostumados com hierarquias desde o jardim de infancia, e nas comunidades que estamos envolvidos quase sempre está claro quem que manda, e quem que manda depois de quem manda mais. Hierarquias fazem sucesso até no entretenimento, é só se ligar nas várias top lists que são publicadas. Desde as normais como top 10 filmes do ano até as nada a ver como top 10 celebridades mais ricas com menos de 35 anos (esta bastante útil para seqüestradores, golpistas e saqueadores). E é sempre dez, estranho isso, quase nunca você se vê tops 13 ou tops 17. Beleza, a top list do CQC é top 5, mas sei lá, 5 é metade de 10, então é tipo uma meia top 10.

De vez em quando vou fazer umas listas e colocar aqui. Mas já que a gente tem que conviver sempre com hierarquias, as listas daqui não serão hierarquizadas, ninguém vai ser melhor que ninguém, vai ta tudo misturado. A primeira vai se referir as 5 melhores falas dos filmes que eu já vi. As cinco cenas a seguir são de filmes onde o roteiro certo encontrou o ator certo pra interpreta-lo.

1. Eu era meio metidinho quando era pequeno quando ia na locadora, e pegava filmes que eu não tinha idade pra entender. Pulp Fiction do Tarantino foi um dos que eu vi fora da idade. Tanto que na época eu não gostei. Mas mesmo naquela época eu fiquei impressionado com a cena mais intensa, que é a do assalto no final. Nela, Jules Winnfield (Samuel L. Jackson), depois de um dia esquisito, vai lanchar numa lanchonete (isso é pleonasmo?) que acaba sendo assaltada. O assaltante é meio babaca e ele toma conta da situação, e enquanto ele faz isso, vai dizendo o melhor roteiro que Tarantino escreveu na vida, e de um jeito que se o telefone tocar ou alguém te chamar você não atende de tanta atenção que você ta prestando . A melhor parte é no final, quando ele recita uma passagem da Bíblia e depois a câmera da um close, e ele dá a sua interpretação da passagem.

Jules: Now I want you to go in that bag and find my wallet.
Ringo: Which one is it?
Jules: It’s the one that said Bad Motherfucker on it.

pulp fiction

2. Dá vontade de pintar a cara de azul, arrumar uma espada e lutar pela libertação da Escócia depois que William Wallace faz seu discurso pra um exercito de camponeses relutantes na cena da Batalha de Stirling:

Wallace: Yes. Fight and you may die. Run and you will live, at least awhile. And dying in your bed many years from now, would you be willing to trade all the days from this day to that, for one chance, JUST ONE CHANCE, to come back here as young men, and tell our enemies that they make take our lives, but they will never take our freedom!!

Braveheart

3. É do Slot (qué chocolate) que todo mundo lembra dos Goonies, mas o gordinho que liberta ele é o mais engraçado. A cena da tortura é hilária demais. Busca no youtube: “gordinho dos goonies, cena do liquidificador” e reveja essa obra-prima. Vê dublado mesmo que a dublagem é genial (nível Chaves).

goonies_lbx_2

4. A cena da conversa entre Robin Willians e Matt Damon no parque em Genio Indomavel. Geralmente nessas cenas, fica uma musiquinha irritante no fundo que implora pra você se emocionar com o dialogo. Gus Van Sant, diretor do filme, sabiamente optou por não mendigar umas lagrimas na que é realmente a cena mais emocionante do filme. Durante a maior parte, a trilha sonora são barulhos de carros e pessoas que passam pelo parque. A cena emociona naturalmente, graças à atuação soberba de Robin Willians, ao suave movimento da câmera que corta abruptamente para a reação do personagem de Matt Damon na hora certa e a opção de incluir a trilha sonora apropriadamente somente no final.

Damon - Good Will Hunting

5. O melhor filme dos anos 80 não é Touro Indomável. É Curtindo a Vida Adoidado. E uma das melhores cenas é a do inicio. Quando ele explica como e porque tirar um dia de folga. “E eu ia perder um dia ensolarado como esse enfurnado naquela escola?”

ferris-buellers-day-off-sick-day

Anúncios

2 Comentários

  1. Nathi Moura said,

    essa cena de coração valente , da muita vontade de sair correndo gritando..freedom!!!!! hahah!

  2. jotapê said,

    ainda bem q a nathi lê seu blog…
    hahahhahahahahaa
    zoando, eu tb leio (obvio)

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: